quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Fica a poesia

No amanhecer de ti cabem
todas as janelas
porque és a dimensão
onde as viagens são possíveis
e deixas uma sombra
de castelo encantado
na meia luz das salas
onde o teu corpo passa
dá-me a tua mão
e veste-me de ti
quero partir sem medo
quero partir sem mágoa
na estrada dos teus olhos
onde as pedras são de água.
(in O Despertar dos Verbos, Mário Domingos)

Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação



<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]

GOSTO DE VISITAR
Arquivos
A ANINHA GOSTA DE OUVIR: Counter
Free Counter